30 de abr de 2008

Como ajudar a combater pseudo-hackers maus

Todos nós recebemos uma vez ou outra aqueles e-mail's nos pedindo para atualizar os nossos dados do internet banking, informando-nos que a nossa conta no Orkut será cancelada, ou prometendo fotos exclusivas da última garota que pousou na Playboy. Para que tem um minimo se conhecimento em internet e informatica fica fácil reconhecer a fraude, porem existem muitas pessoas que acham que internet é só Orkut e MSN ( além é claro da tradicional pornografia); essas pessoas são as maiores vitimas desses pseudo-hackers. Digo pseudo-hackers porque esse pessoal não é hacker de verdade, são só uns salafrarios que tem um conhecimento médio de informatica que é o suficiente para roubar senhas e informações dos menos privilegiados de conhecimentos em internet. Hoje recebi a seguinte mensagem.



É obvio que eu percebi na hora que era furada, ainda mais porque eu nunca tive conta na Caixa, mas muitos não tem esse nível de percepção. Como não havia praticado ainda minha boa ação do dia e motivado por bons exemplos , resolvi ser solidário e tentar evitar que pobres internautas mulinhas caíssem no golpe.

Eu acredito que a melhor maneira de você combater esses pseudo-hackers é denunciando ao servidor onde eles hospedaram os vírus o crime que está sendo cometido. Mas a pergunta é: como descobrir o servidor onde estão hospedados os vírus ou as paginas de phishing. É simples, basta você visitar o site Who Is Hosting This, digitar o endereço do link que você recebeu no e-mail e clicar em TELL ME que lhe será apresentado a informação de qual o nome do domínio em questão e quem o está hospedando; tem ainda um link para o site da empressa que hospeda; ai é só ter um pouco de boa vontade para entrar em contato com a empresa que fornece a hospedagem e informa-los do vírus encontrado em seus servidores. Desse modo você estará ajudando a tornar a internet segura para os internautas menos bem dotados de massa cinzenta(os mesmos que você preferiria que não tivessem acesso a internet).

29 de abr de 2008

Tirinhas de Informatica : Hackles

Adoro tirinhas, acho uma das formas de quadrinhos mais divertidas que existem. Por isso mesmo queria compartilhar essas excelentes tirinhas que encontrei. É dificil encontrar tirinhas que tratem de informatica e que sejam realmente legais.


Tem mais no site: http://www.tirinhas.com/hackles.php?tira=1

O caso Isabella e o povo mórbido

No ultimo domingo estava olhando o Fantástico (não tenho TV á cabo, fazer o que?) e, como em todos os outros canais, estavam mostrando noticias sobre o caso Isabela. Só por isso a reportagem não me chamaria a menor atenção, afinal de contas, a imprensa tem explorado o caso da pobre menina de todas as maneiras possíveis, mas algo me chamou a atenção. O repórter por um momento se desviou do seu sensacionalismo para mostrar a turba que se formou em frente ao prédio onde estava sendo feita a reconstituição do crime.


Pra quem não da muita atenção ao comportamento humano, pode parecer que o amontoado de pessoas ali passaram o dia inteiro gritando por justiça mas, na verdade, como o repórter fez questão de demonstrar, o que levava os desgraçados aos gritos era ter uma câmera apontada para eles.


Atrás do cordão de isolamento se via cartazes de solidariedade, de indignação, de pedido de justiça com os criminosos, mas ao ter uma câmera apontada para seus belos rostos a única coisa que os expectadores de tragédia alheia faziam era rir. Riam aquele riso de quem sabe que está aparecendo na TV. Riam apesar de estar protestando e acompanhando o desenrolar de um caso extremamente trágico.


Só posso classificar esta atitude como mórbida. É como quando há um incêndio e todo mundo corre pra ver, apesar de saber que não tem como ajudar. É até pior, algumas daquelas pessoas são o tipo de gente que para o carro, atrapalha o transito, se mete o mais no meio do tumulto o possível só pra poder ver um acidente de carro, e se lamenta se não tiver nenhum morto porque, obviamente, sem morte, a história não fica tão interessante quando for contar pros amigos.


Hoje me deparei com um texto no Verdes Trigos escrito pelo Contardo Calligaris que expressa bem o que estou tentando dizer. Ele pode ser lido no link http://www.verdestrigos.org/sitenovo/site/cronica_ver.asp?id=1525

IsFree.Tv fora do ar

Hoje fui dar uma olhada no meu site favorito se séries de tv, o IsFree.Tv e descobri que ele foi simplesmente tirado do ar, na verdade é pior que isso; além de ele ter sido tirado do ar colocaram no lugar um daqueles sites de phishing com anúncios eróticos.

A IsFree.tv trazia a satisfação de assistir seriados de qualidades aqueles que não tem TV a cabo e também não tem uma maldita assinatura premium da IsLifeCorp. A pergunta que me faço agora é: como seguirei vivendo?

28 de abr de 2008

Firefox 3 Beta 5

Fiz o download hoje e comecei a usar o Firefox 3. Posso parecer bem atrasado já que não o Firefox 3 não é mais novidade, mas na verdade eu sou é muito apegado as minhas coisas. Já havia baixado o beta antes, mas ao instalar percebi que muitas das minhas extensões tão valiosas eram incompativeis; não sou muito bom em abrir mão do que já tenho para tentar algo novo, e por isso desinstalei o Firefox 3 da minha maquina no mesmo dia.

Agora obviamente é diferenre. Supostamente o Firefox 3 vai sair da fase Beta em maio ou junho e eu quero realmente começar a usa-lo. Espero que encontre as extensões que já uso hoje no Fierfox 2. para o novo Firefox. Melhor começar a garimpar.

A unica vez que não tive medo de trocar algo que eu estava acostumado a usar por algo novo foi quando eu baixei o firefox e parei no mesmo dia de usar o IE para nunca mais voltar. Nada supera o browser do panda vermelho, melhor começar a correr atrás.

24 de abr de 2008

Bloqueio à internet

Estudo em uma faculdade onde o acesso a determinados sites são totalmente proibidos. Se você tentar acessar o Orkut, por exemplo, verá apenas uma pagina informando que o site está bloqueado para navegação e a qual categoria de sites bloqueados ele pertence. Acho o bloqueio de um modo geral ótimo, pois ele evita que miguxos fiquem ocupando os laboratórios de informática enquanto estudantes sérios querem usar a internet para fins acadêmicos. Se o acesso ao Orkut e ao MSN fosse liberado aposto que muitos faltariam à aula para ficar exercitando seu analfabetismo digital (e funcional).

O que me incomoda neste bloqueio, apesar de eu ser a favor dele, é a forma indiscriminada como ele é feito. Por exemplo: todos os domínios blogspot.com estão bloqueados, isso é extremamente arbitrário; muitos blogs hospedados no serviço do blogger têm conteúdo de qualidade que pode ser aproveitado pelos estudantes. Blogs não são mais diarinhos virtuais de adolescentes e mulheres solteironas sem mais o que fazer, blogs são hoje fontes legitimas de informação de qualidade. Quando eu quero ler sobre tecnologia eu não fico esperando o caderno de tecnologia que vem junto com o jornal chegar, eu acesso sites que tratem deste assunto como o Meio Bit (meu preferido) e tantos outros sites que tem formato de blogs. Conhecidos meus tem ótimos blogs sobre assuntos específicos na área de tecnologia que são simplesmente bloqueados para o acesso em uma instituição onde eu faço um curso na área de tecnologia.

Como a maioria dos acadêmicos dos cursos de informática da minha faculdade eu sei como burlar o bloqueio da internet; porém isto é contra as regras, posso supostamente ser punido por isso segundo o código de uso dos laboratórios.

Obviamente podemos pedir o desbloqueio de sites que queiramos acessar na faculdade (desde que o site seja de interesse acadêmico), porem o processo necessário para fazer isso é ridículo. Deve-se pedir por e-mail ou pessoalmente nos balcões dos laboratórios; o pedido será então analisado (não sabemos exatamente por quem) e o prazo de resposta é de dois dias, sendo que você pode ter o pedido simplesmente negado sem maiores informações do porque da negação.

Por mais de uma vez este bloqueio ridículo me prejudicou. Outro dia mesmo vi um site que tinha conteúdo relevante para um trabalho que deveria realizar em grupo. Ao chegar na faculdade e tentar acessar o site para mostrar para meus colegas o que tinha encontrado, apenas vi o site que eu pretendia acessar enquadrado na categoria de acesso proibido "Encontro/Pessoais". O correto seria pedir o desbloqueio do site, mas nós estávamos ali reunidos a fim de buscar e utilizar o conteúdo que estávamos tentando acessar e precisava-mos ter acesso a informação naquele momento, obviamente eu burlei o acesso para poder utilizar o conteúdo.

A meu ver as instituições não estão preparadas para lidar com o fenômeno da internet, mesmo as instituições de ensino mais conceituadas parecem carecer de legisladores que entendam o mundo da informação virtual. A única solução que parece viável é protestar e esperar uma mudança de concepções por parte destas instituições. E enquanto ninguém resolve nada continuar burlando bloqueio a internet.

4 de abr de 2008

Wini: legal, mas pode não servir pra nada

Fiz um post informando que recebi meu primeiro prêmio do Wini que é um site que premias usuários para estes fazerem pesquisas no google e no buscapé. O prêmio que eu ganhei foi 10% de desconto em uma loja virtual de produtos eletrônicos e de informática.

Tudo muito legal sendo que o único impedimento é que o meu desconto de R$10,00 só é valido para compras acima de R$200,00. Não sou o tipo de pessoa que gasta R$200,00 por impulso ou só para aproveitar um desconto. Logo não vou usar o desconto que ganhei. Tudo bem quem sabe quando eu quiser comprar algo possa aproveitar algum prêmio que eu venha a receber do Wini

2 de abr de 2008

Meu primeiro Premio do Wini

Parece piada mas hoje pela tarde me cadastrei em um serviço que promete prêmios no formato de descontos em lojas virtuais simplesmente para você usa-lo para pesquisar no google. Vejam aqui

E agora fui dar uma olhada melhor no site e ganhei meu primeiro prêmio, pelo jeito ainda tem poucos usuarios, e por isso tem bastantes prêmio spara cada um. O legal é que ele coloca ao lado do site os ganhadores. Vocês podem ver o meu nome ali no topo da lista até ser dado masi um prêmio. Vou ver agora como posso aproveitar este desconto.

Wini: ganhe para pesquisar no Google

Parece aquele tipo de coisa que é boa de mais pra ser verdade mas ao que tudo indica o assunto é sério.

O site brasileiro www.wini.com.br tem uma proposta interessante para seus úsuiarios: ganhar para pesquisar no Google. Funciona assim: você se cadastra e usa o site para fazer pesquisas no Google e no Buscapé ( da mesma forma que você sempre fez), então de tempos em tempos eles sorteiam um numero de pesquisa para ganhar prêmios que são descontos em lojas de vendas on-line.

O cadastro é rápido e depois de cadastrado é só começar a usar. É legal também que eles mostram ao lado quem ganhou por último, a quanto tempo ganhou e o que ganhou. Você pode ainda escolher suas áreas de interesse para receber descontos que realmente sejam relevantes para o úsuario.




“Este post participa da 1ª promoção do blog Saiba Tudo, que vai sortear um pendrive Kingston de 4GB”.