19 de jun de 2008

Os riscos das redes sociais


Todas as pessoas que eu conheço e que usam internet fazem uso de alguma rede social. Na era da web 2.0 - nomenclatura que, admito, me desagrada - os usuários da internet deixaram de ser meros receptores de conteúdo para se tornar distribuidores de conteúdo como também geradores de conteúdo. Eu não tenho Orkut; entro no orkut um vez ou outra com um dos perfis gerados pela minha conta Google só pra ver alguma coisa que me foi indicada; mas o fato de eu não participar da rede social que tem maior visibilidade no Brasil não significa que eu não participo de redes sociais.

Ter um blog, participar de listas de e-mail's, fóruns de discussão e afins também é uma forma de relacionamento social via internet. As gerações mais novas já "nascem" conectadas á intenet, alguns aprendem a usar a internet antes mesmo de aprender a ler e escrever direito. Essa super exposição dificulta a compreensão do que deve ser encarado como real e o que deve ser encarado como virtual.

A americana Lori Drew criou um perfil falso no MySpace, a rede social mais popular dos EUA com a finalidade de conquistar a confiança de uma adolescente de 13 anos chamada Megan Meier e depois humilhar a menina pela internet. Em uma das mensagens Lori disse á Megan, usando o seu perfil falso onde adotará o nome de Josh Evans, que "o mundo seria um lugar melhor sem você". Megan cometeu suicidio se enforcando em seu próprio quarto, acredita-se que em virtude de não suportar as humilhações.

Nos EUA não existem leis específicas para tratar desse tipo de assédio moral. Obviamente Lori será julgada e provavelmente punida. Recentemente ela se declarou inocente perante o tribunal.

O que podemos aprender com esse caso trágico é que cada vez mais a internet irá fazer parte de nossas vidas. Lori agrediu Megam da mesma forma que milhares de outras pessoas são agredidas via internet todos os dias. Precisamos aprender á lidar com essa nova realidade onde o contato fisico não é mais necessário para se socializar e tentar compreender como isso irá influenciar as futuras gerações.

Mas acima de tudo temos que perceber que é crime humilhar a outras pessoas. Quando um adolescente sai atirando em seus colegas de escola se coloca a culpa em jogos violentos, em músicas violentas, em programas de televisão violentos, em roqueiros satanicos que levam os jovesn a matar, mas ninguem poe a culpa na quele valentão que passou anos enchendo o saco do pobre garoto; nem nos professores que não fizeram nada pra ajudar, nem nos pais que não deram a devida atenção aos seus filhos. Não é a internet ou as redes sociais que são más, os seres humanos é que são.

Nenhum comentário:

Postar um comentário