14 de ago de 2009

Blogueiros que não podem reclamar de plágio


O que mais eu vi na blogosfera essa semana foram posts sobre plágio. Foi um tal de '-Vou te processar! '- Quem você pensa que é?' '-O blog é meu e eu escrevo o que EU quiser!'.

Na verdade plágio é assunto na blogosfera desde sempre. Blogueiros são animais sensíveis, alguns inclusive são como peixes exóticos, que não gostam que batam no aquário; e se baterem demais, no outro dia eles vão estar boiando de barriga para cima, depois de ter escrito um post sobre como ficaram desiludidos na blogosfera (claro!).

No geral acho plágio uma sacanagem, o tipo de coisa que nenhum blogueiro merece, é quase como um estupro intelectual - falei que blogueiros além de exóticos podem ser bem exagerados nos seus argumentos e figuras de linguagem? - mas tem alguns que não tem o direito de reclamar de plágio - apesar de mesmo assim reclamarem.

Na minha opinião, são eles:

O blogueiro poeta

... mas não todos os blogueiros poetas. Estou falando daquele cara que se acha gótico mas que só pode ser gótico nos finais de semana, porque durante a semana trabalha de assistente administrativo em um escritório de contabilidade; daquela dona de casa que já leu todos os livros de romance da banca de jornal; daquela pedagoga que não consegue controlar seus alunos da terceira série. Mas quando estes seres chegam na frente do computador, colocam todos os seus sentimentos, desilusões, anseios no seu blog em forma de poesia.

Esse é aquele blogueiro que até semana passada estava reclamando que ninguém lia as belas poesias que ele/ela escrevia, mas quando descobre que alguém copiou uma de seus atentados á moral artística literária, tem um chilique como se tivessem lhe roubado um Nobel de Literatura.

Por favor meu caro poeta de blogspot; o plagiador quase lhe fez um favor copiando o seu texto, nunca mais você poderá reclamar que ninguém lê suas obras de arte em forma de poesia. Talvez você até tenha sorte e o blog do plagiador tenha mais visitas que o seu - o que não seria nenhuma surpresa.

O blogueiro postador de vídeos

... então você encontrou um vídeo muito legalzinho - tipo aquele do gato brigando com a impressora - e postou no seu blog. Mas como você é um blogueiro muito original, sempre acaba sendo vitima de plágio e alguém posta dois dias depois o mesmo vídeo.

Por favor, cresça minha criança orkuteira. Você não pode acusar alguém de plágio só porque postou o mesmo vídeo que você. Plágio envolve cópia de conteúdo original e criativo; então, a não ser que você tenha perseguido o gato da sua vó com uma câmera e uma impressora - recomendo HP, são as mais barulhentas e perfeitas para criar desafetos com gatos - o vídeo que você postou não te pertence, logo, não pode reclamar de outro blogueiro posta-lo.

O blogueiro piada velha

...você adora postar piadas no seu blog, afinal de contas o principal objetivo da internet são a pornografia e os sites de piadas, e quando não lembra exatamente como é uma piada, reescreve ela do seu jeito. Um mês depois, vê sua piada em outros 887 blogs e sai reclamando com Deus e o mundo. Por favor amigo, você já escreve para um público totalmente fanfarrão e ainda quer reclamar quando fazem fanfarronices contigo. E além do mais, site de piadas são coisas dos primórdios da internet. Se quiser uma coisa que nunca sai de moda, recomendo a boa e velha pornografia.

Claro que eu não tenho nada pessoal contra piadistas. Eu mesmo conto umas piadas de vez em quando, tipo aquela do pinto manco que foi ciscar e caiu - eu disse que conto, não que minhas piadas eram boas.

O blogueiro pirateiro

... então você foi plagiado? Roubaram sua criação? Estão usando uma coisa que você teve um baita trabalho para desenvolver? Mas que tal, antes de falarmos sobre plágio, conversarmos sobre o Windows que o teu primo - entendido de computador - instalou para ti; e a licença do Photoshop que tu usa; isso sem falar do Office e daquela sua pasta de eBooks e revistas que você baixou naquele blog de tudo down, só down, rei do down e síndrome de down que você sempre visita.

Criamos uma geração onde o 'todo mundo faz' legaliza qualquer ação, seja essa criminosa, imoral ou anti-ética - alguém além de mim lembrou da situação do Senado agora?

Piratear software não é plagio, mas é roubo; você está usando o trabalho de outra pessoa ou empresa sem pagar por isso. Eu sei que 'dois erros não fazem um acerto', mas se vamos começar a citar ditados populares, não esqueçamos daquele que afirma que 'ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão'. E antes que você pergunte, meu Windows é original e uso o Gimp.

..


Se quiser ler alguma coisa sobre plágio que valha realmente a pena, leia a seção Direitos Autorais do blog Dicas Blogger da Juliana Sardinha, a única blogueira que conheço que conseguiu ter um post seu sobre plágio ... plagiado.

14 comentários:

  1. Ninguem nunca plagiou algo meu, será que escrevo tão mal?

    To triste rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Realmente @Juliana, você é a blogueira mais perseguida por plagiadores que eu conheço.

    @Iara, você não escreve mal não. Mas os seus posts são tão teus que um plagiador teria que ser muito cara de pau para rouba-los. Eu também nunca fui plagiado (que eu saiba), mas nem por isso acho que escreva tão mal.

    ResponderExcluir
  3. Olha... quaaaase plagiei teu post, só de raiva..
    mas achei melhor não!

    ResponderExcluir
  4. "Nada se cria, tudo se copia" é válido para blogs.Se copiou, cite a fonte oras!Não coloquei o Creative commons a toa! hahahaha

    ResponderExcluir
  5. Nós conhecemos vários blogues através de outros blogues.

    A participação dos blogues nessa campanha Fora Sarney! tem sido fundamental, assim como os caricaturistas, e muita gente que não está participando desse movimento vai querer pegar uma carona depois, como acontece muito na Internet.

    Desde que são citados os créditos, fontes, autores e endereços, ao invés de ser plágio, é um favor e um apoio, já que não podemos fornecer a nossa senha para possam postar em nosso espaço.

    ResponderExcluir
  6. kkakakkkakakakak os meus posts sao tao meus!! iara gostou disso.
    rapaz eu cliquei no seu nome e veio pro seu blog e nao pra pagina do blogger, :)
    Eu gostei.

    ResponderExcluir
  7. [vestindo a carapuça on]Poxa, Teilor, eu posto piadas, faço poemas e tenho um hd lotado de mp3 e comics... [vestindo a carapuça off]

    Esse post está excelente! E para alguém que plagiar os meu poemas depressivos, eu lanço uma maldição: Que sejam atropelados por uma manada de baratas negras e pernetas da Birmânia!

    ResponderExcluir
  8. Precisa vestir a carapuça não @Crazy, até porque, que eu me lembre você é professor de física, então deve passar bem longe da 3ª série; e o resto podemos deixar de lado, considerando que este é um post pseudo-humorístico.

    ResponderExcluir
  9. Prazer Teilor,
    Ótimo seu artigo! Ponto de vista muito legal, e mais legal ainda o teu jeito de escrever...
    Feeds e Tweets ass.assinados!!

    Grande abraço,

    ResponderExcluir
  10. veio!!
    depois de ler seu artigo me sinto com o rabo entre as pernas!!!
    eu recentemente, influenciado pelo que li no dicas blogger dei um de poeta e desabafei sobre o plagio!!
    ta certo, postei umas fotos, não fui eu quem tirou!!
    mas tinha as imagens guardadas no meu email havia mais de 1 mes... quando posto, aparece no ocioso, e dois dias depois vejo um blog famoso (daqueles que nem deixam a caixinha de comentários) as mesmas imagens que eu publiquei?

    concordo que se "eles" copiarem, eles vão ter mais acessos, e mais repercussão do que o meu post original mas o que adianta minha "poesia" ser vista por milhares e ninguém saber que sou eu o autor??

    penso que podem copiar a vontade.. até fico feliz quando o fazem, e sinal que fiz um bom trabalho!!
    mas custa o sujeito colocar no rodapé um link por menor que seja dizendo: vi aqui ou peguei desse site!

    blogueiros são parceiros!! não concorrentes.. temos que acabar com a pão duragem de links!

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post. Até agora, que eu saiba, não tive nada plagiado do meu blog. Gostei principalmente do "blogueiro pirateiro". O meu Windows também é original (OEM) e eu também uso (ou melhor levo surras) do Gimp e quando não há remédio, o bom e velho Paint, e uso o OpenOffice rsrs No Brasil, há uma cultura de plágio, mesmo em escolas e universidades. Em outros países, se descobrirem que você copiou um reles parágrafo, sem citar a fonte, é encrenca na certa.

    ResponderExcluir
  12. Poeta de blogspot foi ótimo, principalmente se ele realmente leu todos os romances da banca de jornal...

    ResponderExcluir